quinta-feira, junho 15, 2006

Fiz greve porque...

... lhe quis mostrar, sra. ministra, que não estou no lado onde a sra. me quer colocar.
E que, acima de tudo, NÃO ESTOU NEM NUNCA ESTAREI DO SEU LADO!

(a menos que a sra. venha a mostrar que percebeu com o coração que vencer o adversário do modo como a sra. o procura fazer, isto é, recorrendo à razão do ódio e da força bruta, gera uma humilhação tal que torna a sua vitória tão esquálida e amarga como a derrota)

5 Comments:

Blogger TsiWari said...

foramos mais e mais se ouviria a nossa indignação.

;-)*

15/6/06 22:49  
Blogger JP said...

Eu não vou por aí!
Estive em Lx, tirei fotos (http://serprof.blogspot.com) e foi um dia fantástico: valeu a pena!

15/6/06 23:55  
Blogger Professorinha said...

Na Madeira fomos muitos, os maiores, e no continente ainda maiores foram... ver os meus colegas à chuva e ao vento em Lisboa deu-me forças para continuar a lutar contra esta ministrazeca armada em competente...

16/6/06 20:21  
Blogger Rui said...

Eu estou tão desiludido com a minha escola que nem digo nada.
É difícil uma sociedade respeitar quem mostra estar de acordo com o ser tratado sem qualquer respeito. Tenho pena.

16/6/06 23:34  
Anonymous Anónimo said...

Storas...

Não vão por aí...Reagir com emotividade até parece mal. nesta como em todas as situações a razão deve imperar. Existem excelentes professores, tal como existem péssimos professores. É preciso diferenciar...só favorece os melhores. O peso da Educação no orçamento ( no bolso de todos nós ) exige rigor e exigência. Pensemos então nos melhores caminhos..pq mais recursos não trouxeram ainda melhores resultados.
É preciso mudar! Os Sindicatos, pejados de escloes 9 e 10, não podem obstaculizar, a bem de todos, mas sobretudo dos mais novos e dos mais competentes...

Um ex-prof e encarregado de educação

21/6/06 13:54  

Enviar um comentário

<< Home