sexta-feira, setembro 30, 2005

estou farto!!!!!

Estou farto....cheio a abarrotar.... da minha incompetência e da incompetência dos outros que a não confessam.
Estou mesmo farto!
ATÉ AMANHÃ!!!!!!
DURMAM BEM!
COM PESADELOS E TUDO, PORQUE ACORDAR DUM PESADELO É A MELHOR SENSAÇÃO QUE HÁ!
Bem...obviamente que há coisas melhores, mas nos tempos que correm não podemos ser muito exigentes, porque senão, ainda taxam os sonhos e os pesadelos e o simples facto de se sorrir.
Vou comer um gelado Häagen Das para ver se "adocico" um pouco. Adocico?! Isto existe!???
Um ADOCICO! Se não existe passa a existir.

quinta-feira, setembro 29, 2005

Pois eu cá...

... que sou muito mais "casca-grossa", escrevia-lhe assim:





Exma. Sra. Ministra da Educação,

Venho, apesar de tudo e ainda respeitosamente, aconselhá-la a ler a seguinte seguinte informação:

Um soldado português destacado no estrangeiro recebe uma carta de Portugal, cujo remetente era a sua noiva. A carta dizia o seguinte:
A
"Querido Luís,

Não posso continuar com esta relação.
A distância que nos separa é demasiado grande. Tenho que admitir que te fui infiel duas vezes desde que partiste e creio que, nem tu nem eu, merecemos isto.
Sinto muito...
Por favor devolve-me a foto que te enviei.
Com amor, Maria."

O soldado, muito ferido, pediu a todos os seus companheiros que lhe emprestassem fotos das suas noivas, irmãs, amigas, tias, primas, etc.
A
Junto com a foto de Maria incluiu todas as outras fotos que havia recolhido dos amigos. Havia 57 fotos no envelope e uma mensagem que dizia:

"Querida Maria,
perdoa-me, mas não consigo recordar-me de quem és.
Por favor, procura a tua foto no envelope e devolve-me o resto."

A
MORAL: Apesar de derrotado,... há que SABER LIXAR O INIMIGO!!!
A
Palavra de honra que tenciono dar-lhe a conhecer esta teoria e fique V. Exª a saber que pode contar comigo para, voluntariosamente, a pôr em prática.
A
Antecipadamente grata pela sua atenção e esperando que tenha entendido a moral, sem grande admiração,
A
;o) The LBug

quarta-feira, setembro 28, 2005

Exma. Sra. Ministra da Educação,
Venho respeitosamente pedir-lhe a seguinte informação:
Em que escola de gestão lhe ensinaram as seguintes formas de motivar profissionais competentes: retirar-lhes parte do salário que lhes é devido, retirar-lhes benefícios e condições decentes de exercer a sua profissão, carregá-los com mais trabalho e, ainda por cima, nunca perder uma oportunidade de, subliminar ou abertamente, criticá-los em público?
Palavra de honra que gostaria de conhecer os génios que defendem esta teoria que V. Exª tão voluntariosamente põe em prática.
Antecipadamente grato pela sua atenção e sempre com admiração,
Rui Monteiro

segunda-feira, setembro 26, 2005

Mais uma vez,...

... em nome e a pedido da bela Dulcinéia:

Um espectacular eclipse solar, anular (*), quase total - 84% em Lisboa - terá lugar de hoje a de uma semana, a 03 de Outubro, 2ª feira, a meio da manhã.





(*) Anular: a lua, estando num dos seus períodos de afastamento máximo, embora passe defronte, não chega a cobrir na totalidade o disco solar.





Portugal na rota de um Eclipse solar anular



No próximo dia 3 de Outubro, Portugal estará na rota de um eclipse do Sol anular, cuja linha central passará pelas regiões do Minho, Trás-os-Montes e Alto Douro, avançando depois para Espanha e África.
A
Os observadores que, na manhã desse dia, se encontrarem num local abrangido por uma faixa com largura máxima de 138 quilómetros, representada na figura 2, poderão, se usufruírem de céu limpo ou pouco nublado, testemunhar a passagem da Lua em frente ao Sol, que, no entanto, não chegará a ocultá-lo completamente.
A
No máximo do eclipse, ver-se-á um anel luminoso a rodear o disco negro da Lua (fig. 1) - e daí a designação de "eclipse anular".
Os observadores espalhados pelo resto do território de Portugal poderão testemunhar um eclipse parcial.




A
Ai, eu QUERO ver!!!
A
Mas aposto que àquela hora, vou estar numa...
... AULA DE SUBSTITUIÇÃO!!!
A
;o) The LBug

sexta-feira, setembro 23, 2005

ALARME!!!

DEI UMA INFORMAÇÃO ERRADA: OS NOMES DOS FURACÕES DESDE OS ANOS 70 DO SÉC. PASSADO SÃO ALTERNADOS ENTRE NOMES MASCULINOS E FEMININOS,(POR FORMIDÁVEIS PRESSÕES DO SECTOR FEMININISTA DOS CAMONES.
Para esta "saison" aqui vai a lista dos nomes para os furacões da costa este e da costa oeste (a lista dos nomes dos tufões do Pacífico Ocidental não a encontrei).
Arlene
Bret
Cindy
Dennis
Emily
Franklin
Gert
Harvey
Irene
Jose
Katrina
Lee
Maria
Nate
Ophelia
Philippe
Rita
Stan
Tammy
Vince
Wilma
Para os da costa oeste
Adrian
Beatriz
Calvin
Dora
Eugene
Fernanda
Greg
Hilary
Irwin
Jova
Kenneth
Lídia
Max
Norma
Otis
Pilar
Ramon
Selma
Todd
Verónica
Wiley
Xa
York
Zelda


Adeus

quinta-feira, setembro 22, 2005

O "Rita" é um furacão potencialmente perigoso!!

Talvez não saibam que ...
Ou melhor: já repararam que os furacões no hemisfério ocidental, nas Caraíbas, têm sempre nomes de mulheres? E que os seus nomes seguem um lógica alfabética, sendo que aquele que é começado pela letra A, é o primeiro da época, B o segundo e assim sucessivamente.
E sabem porque têm nomes de mulheres sempre? Porque o gajo que achou graça no séc. XIX arranjar esta nomenclatura, um yankee já se vê, disse que teriam nomes de mulheres porque estas eram no seu entender, imprevisíveis e alteravam rapidamente os seus estados de depressão, a tempestade tropical, a furacão, com os sucessivos graus de intensidade.
Ora depois do furacão Katrina, houve mais umas tantas tempestades tropicais que evoluiram ou não para furacões. O mais recente foi o Ophelia. E agora temos um Rita. Bem bichoso , por sinal.
Só que ... no sudoeste da europa, associado estranhamente às altas pressões que nos têm enviado este tempo mesmo carunchoso, há uma tempestade tropical que já evoluiu para furacão de grau elevado e que se chama ..... Advinhem: aceitam-se sugestões.
Então adeus.

terça-feira, setembro 20, 2005

Aula prática de orientação...

... para os (milhares de) turistas que circulam no Metro da Capital!!!

(enviada pela bela Dulcinéia para o meu e-mail)

By Zézé Camarinha

Para ampliar a foto, basta um click com o rato!

;o) The LBug

domingo, setembro 18, 2005

35 horas, já!

Sra. Ministra,
Venho juntar a minha voz à de FVentura, à da BLOGotinha e à da Vida de Professor, e lanço-lhe daqui um grito sentido:

FAÇA UMA LEI A OBRIGAR-ME A CUMPRIR AS MINHAS 35 HORAS NA ESCOLA, POR FAVOR!

A meia dúzia de horas que a Sra. Ministra me "dá" para "trabalho individual" (sic) não é dádiva nenhuma.
Porque é trabalho em casa, dado não haver espaço nem equipamentos nas escolas para os professores lá fazerem o seu trabalho não lectivo.

A consequência é os professores terem a sua casa e o seu espaço familiar abusivamente INVADIDOS pelo trabalho da e para a escola.

Sem que o Governo pense em compensá-los por esse empréstimo de instalações e equipamentos que eles lhe fazem e pelos prejuízos que essa INVASÃO lhes traz.

Volto a pedir-lhe encarecidamente, Sra. Ministra:
FAÇA UMA LEI A OBRIGAR-ME A CUMPRIR AS MINHAS 35 HORAS NA ESCOLA, POR FAVOR, e liberte as nossas casas e as nossas famílias desta maldição!

quinta-feira, setembro 15, 2005

2ª ideia orientadora

A principal qualidade de um bom professor é o Amor pelos seus alunos.
Para já, porque acredito que, com esta qualidade, o professor nunca perde o interesse em desenvolver todas as outras.
Mas há uma razão que considero ainda mais importante.
Onde não há Amor floresce o medo, ou cria-se um terreno fértil onde o medo pode surgir e ganhar forças. E resultam, por isso, duas consequências graves:
1ª: Se o aluno tiver medo a sua inteligênca paralisa. Além disso, esconde do professor as suas dificuldades e este fica, assim, impedido de o ajudar. Ou seja, sem o Amor do professor a dificuldade de aprender do aluno provoca a dificuldade de ensinar do professor. Se nos lembrarmos que podem estar 25 alunos nestas condições o cenário é de pesadelo... e não só para os alunos!
2ª: Muitas vezes responde-se a um ambiente de medo com agressividade. Portanto, a agressividade do professor origina nos alunos também agressividade, mesmo que não expressa como tal. Então como? Sendo o principal objectivo do professor ensinar, o aluno agressivo responde quer recusando-se a aprender, quer tentando impedir o professor de ensinar, dois dos principais problemas que surgem na sala de aula.
É claro também que há alunos que já trazem de casa essa agressividade. Mas, ainda assim acredito que a melhor estratégia é o Amor. Porque qualquer outra só irá agudizar essa raiva, mesmo que a esconda.

O que entendo por Amor aos alunos? Uma atitude persistente de respeito, atenção, gentileza e alegria para com eles.
(Lembro-me de ser criança e do tanto que eu necessitava que me tratassem assim!)
No meio da frieza do recebimento de horários insatisfatórios, das ameaças veladas que pendem sobre nós, das perspectivas de um ano terrível e desamparado de qualquer tentativa do governo de facilitar a nossa tarefa de conseguir que os alunos aprendam, da ausência de reconhecimento concreto do trabalho bem feito, no meio de tanta frieza e de medo, há um nicho que eu procuro preservar de toda a corrupção, minha ou dos outros: a minha relação pessoal e pedagógica com os alunos.
Nos dias que antecedem o início das aulas procuro cuidar do meu espírito para, de cara lavada de qualquer sombra, encontrar os alunos e acreditar com eles que esta é a oportunidade que todos temos de iniciar juntos qualquer coisa de diferente e de melhor nas nossas vidas.
Romantismo? Claro! Mas é este o coração da minha motivação para ser professor. Se eu perder isto, estarei morto para esta profissão!

segunda-feira, setembro 12, 2005

Lágrimas e desânimo...

...de descontentamento, face aos horários com 28 horas!!!
A

A

Foi a face mais visível do corpo docente lá da escola!
A
Provavelmente, tem sido o panorama mais comum por todas as escolas deste país, durante os últimos dias, não?
A
E só agora é que os Sindicatos pedem esclarecimentos...?
A
(... já deveriam saber, melhor do que ninguém, que na nossa profissão, os "atrasos" pagam-se caro! MUITO caro!!!)
A



























A

Consolemo-nos com o que nos vai restando!...

A

;o) The LBug

domingo, setembro 11, 2005

1ª ideia orientadora para ano lectivo que se avizinha

Aquilo que eu digo só é importante se for sentido pelos alunos como tal.
É inútil decidir, sozinho e unilateralmente, da importância das minhas palavras. Posso fazê-lo mas, se tiver azar, de pouco serve.
Tendo em atenção o que é uma aula e o que se pretende com ela, tenho de me compenetrar que as percepções dos alunos são tão válidas como as minhas.
As dos alunos são, no entanto, mais importantes, pois são elas que conduzem ou não às aprendizagens que eu pretendo que eles façam.
Portanto, não devo nunca ignorar as suas percepções ou desvalorizá-las, mas devo procurar sempre compreendê-las e dialogar com eles a partir daí.
Mesmo quando eles as expressam não através de um discurso racional, mas sim através do seu comportamento irregular.

sábado, setembro 10, 2005

Porque TU mereces...

... PARABÉNS, Catarina!!!




























Um beijo ENORME do pessoal da mesa redonda, com votos de um dia muito, muito feliz!!!


;o) The LBug

sexta-feira, setembro 09, 2005

Professores e professores

Porque é que os investigadores universitários, com tão poucas horas lectivas ou de contacto com os alunos - é isto que conta agora, não é? :) -, preferem ser chamados de professores?
Uma hipótese de resposta: porque ensinar, transmitir, passar o testemunho é o objectivo emocionalmente mais forte da sua actividade de investigação.
Isto para alguns, claro. E para os outros?

Curioso que a palavra professor tem 2 sentidos substancialmente diferentes quando se fala do básico e secundário, ou quando se fala do superior - repare-se na unção que os jornalistas utilizam ao dizerem a palavra no 2º contexto e o modo como quase a cospem no 1º!